Dr. Antonio Sproesser

Navegação: Home

COMO TRATAR A DEPRESSÃO?

A rigor, segundo estudos realizados, não há diferenças significativas entre os vários medicamentos existentes para tratamento da depressão, mas isso não quer dizer que qualquer um deles possa ser receitado para um paciente com essa doença. Pelo contrário...

Leia mais...

CAMINHADA = CORRIDA

Você acha que correr é melhor que caminhar? Estudo realizado na Universidade da Califórnia (EUA) concluiu que ambas as atividades são igualmente eficazes para reduzir o risco de hipertensão, diabetes e doença coronariana.

Leia mais...

O QUE PODE AJUDAR A EVITAR CÃIBRAS?

Muito comum na prática de esportes, na realização de algum movimento e até mesmo ao dormir, as cãibras são contrações musculares involuntárias que afetam principalmente os músculos das pernas e dos pés, causando forte sensação de dor e fadiga.

Leia mais...

FUMO: QUANTO MAIS CEDO PIOR

Os voluntários foram divididos em grupos: os que fumavam o seu primeiro cigarro até cinco minutos depois de acordar (32%); entre seis e 30 minutos depois de acordar (31%); de 30 minutos a uma hora (18%); e uma hora ou mais após acordar.

Leia mais...

MEXA-SE ANTES QUE SEJA TARDE!

Um terço da população mundial adulta e 4 em 5 jovens de 13 a 15 anos não atingem os níveis mínimos de atividade física.  O estudo apontou que o sedentarismo causa 6% dos casos de doença cardíaca coronariana, 7% de diabetes tipo 2 e 10% dos casos de cânceres de mama e cólon. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a inatividade física é o quarto maior fator de risco para doenças crônicas, ficando atrás somente da hipertensão, do tabagismo e do colesterol alto.

Leia mais...

ROMÃ PREVINE MAL DE ALZHEIMER

Pesquisa realizada na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz,  USP-Piracicaba, constatou que a casca de romã pode prevenir a doença de Alzheimer, doença degenerativa e incurável.

Leia mais...

CREME DE GOIABA PREVINE RUGAS

Extrato de goiaba em forma de creme pode retardar envelhecimento da pele. É o que foi constatado em pesquisa realizada na Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara.

Leia mais...

Página 1 de 30

Termos de uso

 

"As informações  encontradas  no site estão de acordo com padrões vigentes à época da publicação. Mas as constantes mudanças na medicina, resultantes das pesquisas clínicas, as diferentes opiniões entre especialistas,  e os aspectos peculiares de situações individuais, implicam na necessidade, por parte do leitor, de exercer seu melhor julgamento ao tomar decisões. Em particular, o interlocutor é instado (estimulado) a discutir a informação obtida neste site com um profissional da saúde, sendo que este site de informação não pode e nem deve substituir uma consulta médica."