Notícias

Um terço da população mundial adulta e 4 em 5 jovens de 13 a 15 anos não atingem os níveis mínimos de atividade física. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a inatividade física é o quarto maior fator de risco para doenças crônicas, ficando atrás somente da hipertensão, do tabagismo e do colesterol alto.

O cigarro é responsável pela morte de cerca de cinco milhões de pessoas todos os anos. A pesquisa considerou inatividade física como a prática de menos do que 150 minutos de atividade física moderada (caminhada rápida) ou menos do que 60 minutos de exercícios intensos (como corrida) por semana.

O sedentarismo mata tanto quanto o tabagismo. Segundo estudo desenvolvido por pesquisadores das universidades de Harvard e da Carolina do Sul (EUA), Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), e do Instituto Nacional para Saúde e Bem-Estar da Finlândia, a falta de atividade física foi responsável por 5,3 milhões das 57 milhões de mortes registradas no mundo em 2008.

Pesquisa