Notícias

Notícias

Sempre digo em minhas palestras que "somos o que comemos". E, por incrível que pareça, as coisas mais saborosas e apetitosas podem se tornar as nossas vilãs, colocando em risco nossa saúde e abrindo portas para doenças e enfermidades crônicas como o diabetes, hipertensão e obesidade.

Noites mal dormidas prejudicam a qualidade de vida e podem, inclusive, estar associada a morte prematura. É o que indica estudo realizado pela psiquiatra Ana Ramos, da universidade de Wisconsin, nos EUA. A pesquisa, que envolveu duas mil pessoas, constatou que entre os insones, a mortalidade foi três vezes superior as que tinham sono normal.

No palco do Domingo Show recebemos o menino Ardi Rizal, que hoje está com 11 anos. Ele ficou conhecido por aparecer fumando em um vídeo aos 2 anos de idade. Ele veio ao Brasil para saber como está a sua saúde. Os resultados foram revelados no programa! 

Quem não tem preguiça de malhar no frio? Até mesmo quem está acostumado a praticar exercícios regularmente sente-se menos motivado em dias de frio e chuva. No entanto, exercitar-se nessa época tem seus benefícios.

Hoje é o primeiro dia do inverno. Como em todas as estações, alguns cuidados com a saúde são essenciais. Veja cinco coisas que podemos fazer no dia a dia para que o frio não prejudique nossa saúde. 

Quais são os exames preventivos que homens e mulheres devem fazer? Em qual idade temos que nos preocupar com isso? O que devemos fazer e o que não devemos fazer com os exames?

Em geral, a dor de cabeça súbita é motivada por circunstâncias específicas e tende a desaparecer à medida que que os agentes desencadeadores deixam de existir, não sendo necessária a consulta ao especialista.

Meus amigos, hoje é O Dia do Abraço, comemorado internacionalmente em 22 de maio. Sua história é interessante. Começou pela iniciativa de um homem australiano em 2004, que criou a campanha “Free Hugs Campaign”, onde distribuía gratuitamente abraços pelas ruas de Sydney. Meu abraço carinhoso a todos vocês! 

Essa é uma questão controversa, mas não restam dúvidas de que existem alterações no corpo e no comportamento das mulheres diretamente relacionadas às fases do ciclo ovariano.

Fique atento ao volume alto do som dentro do carro. É prejudicial à condução segura porque diminuiu a capacidade de identificar os estímulos sonoros nas vias. Portanto, a música deve ser usada basicamente como ferramenta de relaxamento, o que, segundo pesquisas, garante ótimos resultados.